Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
Agenda
jun
29
sáb
9:30 Congresso Regional SP – Um dia c...
Congresso Regional SP – Um dia c...
jun [email protected]:30 – 20:00
Congresso Regional SP - Um dia com os apóstolos "JESUS É O CENTRO" @ Ginásio do Ibirapuera
📣Está chegando Um dia com Apóstolos Renê Terra Nova Fábio AbbudArao Amazonas no Ginásio do Ibirapuera/SP. . 🚨Reserve Já o seu lugar na 🚎CARAVANA IACC – Igreja Apostólica Corpo de Cristo!! Ligue: 11 2957-0551 / 95001-4590 / 94453-3291 .[...]
19:30 RIR
RIR
jun [email protected]:30 – 22:00
 
Palavra
Nossa responsabilidade como líderes espirituais.

Mateus 5 : 14 a 16

Graças às infinitas misericórdias de Deus, fomos tirados do meio de uma geração corrompida e perversa. Geração da qual o Senhor se compadece, a ponto de nos ungir, para que sejamos luz no meio dela. Cada pessoa que é resgatada por Cristo, recebe de forma automática, a responsabilidade de iluminar este mundo com a luz do evangelho.

O mundo, que jaz em desespero e sofrimento por conta do pecado, não tem como ser mudado, a não ser pela transformação espiritual de cada pessoa, ou seja, só conseguiremos mudar o mundo, se conseguirmos mudar pelo poder de Deus, cada pessoa que há nele. Esta responsabilidade não é dos intelectuais, nem dos governantes, nem tampouco dos jovens, mas sim de cada um dos discípulos de Jesus na Terra. Se somos discípulos, então saibamos que que Deus nos deu poder para mudar o mundo a nosso redor.

Cada pessoa chamada para ser discípulo (a), se abraçar o chamado, é revestido de autoridade para ganhar e discipular a outros. Discipular significa levar, de forma espiritual, cada pessoa a conhecer a Cristo e viver segundo os princípios de sua Palavra, o que representa a mudança de mente e conduta, de toda uma geração. O Senhor nos adverte de que não podemos nos esconder, nem nos omitir desta responsabilidade, pois Ele a confiou especificamente a nós. (a sua Igreja ).

Mudar uma geração tão deformada (rebelde, alienada, violenta) parece algo impossível, mas será feito, porque conosco está o Poder de Deus. Todo êxito do nosso trabalho será estabelecido no Sobrenatural. Não devemos olhar para o tamanho da dificuldade e sim para nós mesmos, vigiando e buscando ver, se brilha em nós a luz do Senhor.

Não somos fontes geradoras de luz, mas refletoras da luz de Cristo. Como poderei iluminar a outros, se eu mesmo estiver apagado, como transformarei a outros, se eu mesmo não me deixo transformar. Nosso êxito como líderes, está em sempre nos examinarmos a luz do Espírito Santo, pois esta é a condição colocada por Cristo para que haja Aliança (que é sinónimo de vitória). Em 1 Co. 11: 28 diz: Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice.

Examine-se porque isto te prepara para entrar em Aliança (arrependimento), e se você entrar em Aliança, sua vitória será certa. Para que nossa Aliança com Deus seja perfeita, devemos estar sempre nos avaliando e buscando gerar em nós o Homem Perfeito que é Cristo. Devemos continuamente lutar por santificação, pois esta é a condição para vermos ao Senhor, agindo aqui em nossas vidas e também na Vida Eterna. Hb. 12 i 14 diz: Buscai a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

Você já viu lideranças que estagnam? Ou pior ainda, você já viu pessoas que retrocederam? Com certeza. Sabe o que aconteceu com estes líderes? Deixaram de vigiar, de orar e examinar-se. Sem que percebessem, entrou a acomodação, ou desânimo, ou a indiferença, a incredulidade.

O pecado vem por sutilezas e o diabo gosta de cirandar. Antes que alguém possa cair, muita coisa tem que acontecer, porém há pessoas que não caem, mas seu brilho desvanece, seus rostos param de resplandecer, como aconteceu com Moisés. São líderes que ficam sem unção, sem sonhos, sem entusiasmo naquilo que estão fazendo.

Moisés colocou um veu no rosto para os discípulos não perceberem que a luz, o brilho e a glória tinha desvanecido, não podemos perder a luz de Cristo em nós, pelo contrário, precisamos manter essa luz crescente para que as pessoas lá fora sejam alcançadas. Essa luz fala do nosso testemunho de vida, nosso estilo e forma de viver, nossa expressão de fé.

Como líderes assim poderão atrair pessoas e contagiá-las, mostrando a elas quanta alegria existe em servir ao Senhor? Outro fato que como líderes não podemos esquecer, é de que somos o padrão dos fiéis, a forma que dará forma espiritual a muitas gerações depois de nós.

Seremos mais zelosos com nosso testemunho pessoal, se nos conscientizarmos de que estamos gerando uma multidão igual a nós, afinal, está escrito: cada semente produz segundo sua própria espécie e atenção, porque esta é uma lei divina, universal, imutável e irrevogável.

Reflita: Você gostaria de ter uma multidão de discípulos que:

  • Faltassem frequentemente as suas convocações?
  • Fossem preguiçosos quanto à oração?
  • Fossem inconstantes e desorganizados?
  • Fossem desrespeitosos com horários?
  • Fossem autossuficientes e obstinados?
  • Que estão sempre com cara de cachorro São Bernardo ( óh céus, óh vida, óh dor)?
  • Mais reclamam do que elogiam?
  • São sonegadores de dízimos, ofertas e primícias?
  • Falam, falam, mas nunca fazem o que prometem?
  • Sempre na hora H, falham, e depois aparecem com uma desculpa (o carro quebrou, meu cachorro morreu, minha mulher me chamou)?

Sei que você deve estar dizendo, Deus me livre!!!, mas melhor que se benzer ou dizer, tá amarrado!!! É você vigiar para como líder, não fazer nenhuma destas coisas.

Aquilo que eu for e fizer, será a legalidade aberta no mundo espiritual, para a formação de um povo que terá o meu caráter e o meu comportamento.

Lembre-se das palavras do Senhor Jesus: Aquilo que quereis que os homens vos façam, fazeis vós a eles. Isto nos alerta para sermos flexíveis com os discípulos e mais exigentes com nosso próprio testemunho, pois nossa chamada é restaurarmos uma geração e iluminarmos este mundo, que está em trevas.

Quando pregamos a Palavra, chamamos a atenção dos filhos de Deus, mas o que produz atração, identificação e permanência, é o fato de as pessoas nos olharem e verem Jesus refletido em nós. (As pessoas estarão sempre procurando ver Jesus em você).

Para que um espelho possa refletir com nitidez e fidelidade uma imagem, ele precisa ser plano, sem deformidades, manchas ou trincas. De igual maneira, se queremos refletir a luz de Cristo, precisamos nos avaliar sempre, tendo como parâmetro a Palavra de Deus e o permanente e doce, balizamento do Espírito Santo.

Se formos achados nesta busca verdadeira, seremos aperfeiçoados dia após dia, e iluminaremos multidões incontáveis, conforme a promessa. Mateus 5: 16 diz: Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus,…

Ministração: Os doze orarem para que o Espirito Santo lhes revele falhas, trazendo arrependimento, santificação e aperfeiçoamento no caráter e na luz de Cristo.

Deus os abençoe e multiplique extraordinariamente ENDJ.

Amamos vocês. Aps. Fábio e Cláudia Abbud

Leia
Esboço da Célula
Fidelidade é resultado da Fé

Salmo 1:1-4

Existem quatro princípios para ser feliz e próspero. 1. Não andar segundo o conselho dos ímpios, pois estes não conhecem os princípios de Deus…; 2. Não se deter no caminho dos pecadores, pois os pecadores não têm o Temor do Senhor, vivem para si mesmos; 3. Não se assentar na roda dos escarnecedores, pois estes zombam de Deus e dos seus semelhantes; 4. Ter prazer na lei do Senhor e nela meditar de dia e de noite. Estes são aqueles que estão comprometidos com os propósitos de Deus!

A verdadeira fé traz a manifestação de compromisso com Jesus o Cristo

Devemos aprender como funciona o Reino de Deus, para poder entender o significado de “ter prazer na Lei do Senhor”. Jesus disse em Mateus 11:28-29: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei; tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de co­ração; e achareis descanso para as vossas almas”.

Aprender de Cristo é disciplina, mas muitas vezes não queremos ser disciplinados; queremos só receber e nunca dar! Ele disse: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”, isso é uma promessa; Ele continuou: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim”, isso é um compromisso. Não podemos esquecer o compromisso, não devemos nos prender apenas na promessa.

O Reino de Deus não funciona sem compromisso, que é jus­tiça. Jesus disse em Mateus 6:33: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas as demais coisas vos serão acrescentadas.”

Veja que linda promessa escrita em I João 1:7:O sangue de Jesus Cristo, o Filho, nos purifica de todo o pecado. Mas veja que o versículo começa com um compromisso: “Se andarmos na luz, assim como Ele na luz está e se mantermos comunhão uns com os outros o sangue de Jesus Cristo, o Filho, nos purifica de todo o pecado. As Promessas são condicionadas na fé, fidelidade e compromisso.

Promessa sem compromisso não faz parte do Reino, por­que o Reino de Deus é integral! Quer ser cheio de fé? Não perca a visão do compromisso. A promessa de Deus é completa, é para todos, mas para alguns falta responsabilidade. Neste Reino, todos devem ser comprometidos.

A fé traz a manifestação de prazer na Palavra do Senhor

Ter prazer na lei do Senhor e meditar nela de dia e de noite, é o caminho para andar em êxito em todas as áreas da vida. É viver declarando o Senhorio de Cristo sobre nossa vida, e isso com alegria, com prazer. É também viver decretando que o inimigo está debaixo dos nossos pés. É ter vitória o dia todo e, claro, todo o dia em nome do Senhor Jesus.

No Salmos 3:5 diz: O filho de Deus deita e dorme; e acorda tranquilo, pois o Senhor o sustenta.”  É preciso tomar posse dessa palavra, pois ela diz respeito a nossa vida. Quem medita na Palavra de dia, sabe o resultado da Pa­lavra de noite! Descanso em Deus! Se você quiser crer, passará a crer! Se abrir o cora­ção para crer, Deus derramará fé sobre você.

Existe pessoas em muitos lugares da terra que por falta de fé, fidelidade e compromisso, só vão à Igreja se for à base do em­purrão ou carregados. Estes desconhecem o versículo de Salmos 122:1, que diz que devemos conter alegria em nossos corações todas as vezes que formos convidados a ir à Casa do Senhor.

Hoje na terra existe um desânimo aguçado sobre muitos filhos de Deus, parecem que estes não creem mais que o Reino é funcional. O Reino de Deus é prático; precisamos aprender com Jesus a desenvolver o Seu caráter e a Sua vida em nós; precisamos aprender a ser determinados em relação à praticidade do Reino de Deus, não podemos nos contentar sem resultados na frutificação, pois esta é resultado da fé pratica, atuante, ativa, viva e comprometida.

Aquele que está enxertado na Palavra de Deus, ouvindo e co­mendo dela, cresce. Atente para a seguinte sugestão: adquira o hábito de dormir, dirigir, viajar, etc., ouvindo versículos bíblicos e louvores. Não perca tempo, discipline-se! Cultive esse hábito de ouvir coisas que o edificam e alimentam espiritualmente. Medite na Pala­vra dia e noite e obtenha prosperidade em tudo. A lógica de Deus é: Aquele que medita, pratica, e quem pratica, prospera em tudo.

Quem lê, medita e pratica a Palavra de Deus não se aperta com nada, sabe exata­mente o que fazer, porque a Palavra instrui, dirige. Nós, discípulos crentes na IACC, somos uma raça ousada e só erramos se quisermos, porque sabemos fazer o certo. Se insistirmos no errado é porque revela incredulidade no que ouvimos e aprendemos, lembre-se, incredulidade e o oposto da fé e sem fé desagradamos a Deus.

Em II Timóteo 1:12 diz: “Porque sei em quem tenho crido e estou bem certo de que é poderoso para guardar o meu tesouro até o dia final.” É preciso ter consciência de que o Espírito Santo habita dentro de nós gestando a fé, o ânimo e a coragem necessários para vencermos as in­tempéries do dia a dia, sabendo que o nosso Deus é Poderoso para guardar a nossa salvação, os nossos galardões se permanecermos comprometidos e fiéis a Ele até o fim.

O que é Fidelidade? A fidelidade se apresenta em nós pela seriedade e singularidade do coração. Todos os que são fiéis nas pequenas coisas, também são nas grandes! Deus não precisa barganhar com ninguém, o que Ele quer e requer é a fidelidade de cada um.

As pessoas estão equivocadas na interpretação acerca da fidelidade, achando que fidelidade é questão de quantidade, mas a Bíblia prova que se é fiel pela qualidade. Em Lucas 16:10 Jesus disse: “Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito e quem é injusto no pouco, também é injusto no muito.”

No Reino de Deus, quem não consegue ser fiel prova que não tem fé. A Igreja de Jesus é uma Igreja de fé, por isso é composta de fiéis, pessoas que desenvolvem fidelidade. Todos nós que estamos no Reino, de Deus temos a obrigação de sermos fiéis e quem é fiel não desiste, não recua, não negocia a fé, a unção e o chamado, mas avança firme no propósito pelo qual foi redimido, pelo qual foi salvo.

Jesus disse em Apocalipse 2:10: “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” A fidelidade não está relacionada ao quantitativo, mas ao qualitativo. Veja o que o Senhor Jesus falou em Mateus 25:23: “Servo bom e fiel, sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei; entra no gozo (alegria, prazer) do teu Senhor.”

Aquele que vive pelos princípios de fé e de fidelidade experimenta do que é agradar o coração do Pai. Ele tem o melhor para nós e o melhor para nós é fazer a Sua vontade e expressar o caráter do Reino na terra e desfrutar de uma vida abundante no espirito, na alma, no corpo, na família e nas finanças.

Prática: Esta palavra falou com você? Compartilhe! Obs. É livre, só para quem quiser.

Líder: no final ore por todos, ore pelos nomes selecionados na célula anterior, orem pelos amigos, convidados, familiares e por todos discípulos e amigos presentes!

Atenção: Próximo Sábado as 19:00 horas culto especial para solteiros, jovens e casados. Peguem e já paguem as pulseiras do congresso, os doze da primeira geração estão responsáveis para receberem dos discípulos da sua rede.

No amor de Cristo!

Apóstolos Eliezer e Zenita

Leia