Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
Palavra
Atitudes fundamentais para uma familiar feliz

Gênesis 12:3; I Timóteo 5:8

 Estamos vivendo um tempo de avivamento familiar. A unção do Espírito Santo é palpável e temos experimentado o cumprimento da promessa de Deus para Abraão no livro de Gênesis 12:3. A você que tem sido incansável neste resgate familiar, agradecemos ao Senhor por sua vida e família, pois, juntos, somos os atalaias na Visão Celular no Modelo dos 12, cuja proposta é levar o Evangelho a todas as famílias da terra e a nossa será também alcançada em nome do Senhor Jesus.

  1. Entregar-se por inteiro a Deus para ser referencial começando pela sua família.

Dar o exemplo não é apenas a melhor maneira de influenciar a família, os discípulos e amigos. É a única que definitivamente traz resultados positivos!

Entregar-se por inteiro a Deus representa renunciar os seus desejos e os seus sonhos para receber os desejos e os sonhos do coração de Deus, pois estes são a resposta perfeita de do Senhor para você,  sua família e ministério. Entregue seu coração a Ele totalmente!  Existem pessoas que se entregam a Deus pela metade, estes nunca experimentarão do melhor de Deus, ficaram apenas nos bastidores da intimidade com Deus.

  1. Ensinar aos filhos os princípios eternos

Os filhos precisam aprender com os pais sentados a roda da mesa à importância da fidelidade a Deus, e da obediência a Seus princípios em todas estas áreas que serão citadas nestes doze dias. Façamos uma aliança com o Senhor, como casais, como família e como líderes para ensinar os preceitos de Deus àqueles que fazem parte da nossa vida começando pela nossa casa, pois essa prática nos fará prosperar em tudo e trará proteção espiritual sobre nossas famílias, ministério e finanças.

  1. Investir no casamento

Todo o casamento precisa de muito investimento. Isso começa com a comunicação, pois através dela conhecemos melhor nosso cônjuge. Todo o tempo para a aliança não é gasto é investimento e essa consolidação deve ser diária no casamento. Os pequenos detalhes constroem os grandes alicerces.

Aqui vai uma historinha muito simples, porém, verdadeira o Ap. Ayub de Manaus contou em uma ministração. Uma menininha ganhou do seu pai uma bela flor, colocou em cima da mesa da sala e deixou ali a flor. No terceiro dia ao olhar a flor, viu que estava murcha. A menininha ficou triste. No quinto dia ao olhar a flor, viu que as pétalas haviam caído e a flor morrera. Quando relatou em choro ao pai o que acontecera, ouviu dele: filha, isso é para que desde cedo você aprenda que tudo na vida que não for cuidado e regado diariamente morre.

Assim acontece no casamento e na família. Seja o maior investidor dessa terra, a sua aliança. Cuide, regue-a, proteja-a diariamente, pois todo o investimento na aliança trará retorno. Que hoje a bênção do casamento perfeito envolva o seu relacionamento, a sua aliança.

4. Investir na família

A nossa família é a célula principal. Tenha como objetivo fazer da sua casa a sede do avivamento. A família física envolve todos os que têm aliança de sangue, ou seja, a maior parte dos familiares. Invista em toda a sua família desde o cônjuge e filhos, até seus pais, parentes. Avive a sua fé. Faça como Josué, dê o seu grito: eu e a minha casa serviremos ao Senhor. Trace objetivos orando, se santificando em favor da sua família para que essa verdade seja estabelecida e assim a bênção da família será estabelecida sobre a sua casa.

Hoje o Senhor nos chama a vivermos seus princípios para atrairmos a prosperidade em todas as áreas. Você nasceu para ser feliz, para ter uma família feliz, para prosperar e cumprir todos os sonhos de Deus nessa Terra. E, com certeza, a sua descendência comerá da prosperidade do seu investimento.

5. Uma palavra aos solteiros que querem constituir família

Estes textos respalda você para se casar, desde que seja com alguém da família Cristã, se não for, será jugo desigual e estará fora da vontade de Deus. Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas?  (II Coríntios  6:14).

Isaías cap. 62: 5 – Pois como o Rapaz se casa com a moça, assim teus filhos se casarão contigo; e, como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus. Aqui A Palavra demonstra que se casar traz alegria.

Efésios cap. 5: 31 – Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e serão os dois uma só carneAqui fala do decreto de Deus para formação da família.

 Salmos cap. 68: 6 – Deus faz que o solitário viva em família; liberta os presos e os faz prosperar; mas os rebeldes habitam em terra árida. Aqui está à promessa para a pessoa que é obediente e submissa a Deus e àqueles aos quais Deus instituiu para ser autoridade.

Salmos  113:9 Ele faz com que a mulher estéril habite em família, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao Senhor. Deus quer que uma mulher cumpra seu papel de gerar filhos, e, isso deve acontecer dentro da cerca do casamento, para que os filhos sejam legítimos diante de Deus. Então Deus quer que você se case, caso este seja o teu desejo, Ele te respalda.

Por isso vamos orar pela sua família, pelo seu casamento e pelos solteiros para que Deus prepare a pessoa certa, sabendo que esta é a vontade de Deus para você. Hoje nós os Apóstolos respaldamos e liberamos para que você discípulos da IACC, que ainda são solteiros, sejam abençoados com a benção do casamento. Deus enviará a pessoa certa em nome do Senhor Jesus!

No amor de Cristo!

 

Apóstolo Eliezer

 

 

Leia
Esboço da Célula
A Graça de Deus – Parte IV

Mateus 20:1-16; Hebreus 11:6

A graça de Deus nos qualifica para salvação, é dom de Deus. A Bíblica revela que a graça aponta para um “favor imerecido”, é Deus dando e fazendo de tudo para salvação daqueles que não a merecem. Por nós mesmos, não conseguimos, temos a tendência para o mal, naturalmente nos afastamos de Deus, nascemos pecadores e por causa disso, separados e longe de Sua presença! A morte substituta de Cristo na cruz satisfez a justiça de Deus, Ele mesmo propiciou esta justificação para nos alcançar com o seu maravilhoso amor, isso é graça!

Na Bíblia, por várias vezes encontramos a revelação de que a salvação pertence somente ao Deus criador. Isso indica que a salvação não tem origem em nós. Uma vez que o pecado é e foi cometido pelo homem, a lógica seria pensar que o homem por si só buscaria a salvação. Todavia nem sequer o pensamento da nossa salvação proveio de nós; pelo contrário, originou-se em Deus.

O pecado nos afastou de Deus gerando em nós um vazio existencial. Por isso desde o início o homem e a mulher buscam respostas para preencher este vazio. Infelizmente a busca pela resposta em um mundo sustentado por um sistema maligno de engano e mentiras, tem levado muitas pessoas em lugares errados, em vez de buscarem no Deus vivo e Eterno, buscam baseados e influenciados nos anseios, necessidades e desejos espirituais, emocionais e carnais e estes, tem levado muitas pessoas para cadeias espirituais que os afastam cada vez mais da presença do Senhor nosso Deus.

Embora o ser humano tenha pecado e esteja destinado à perdição, não é sua intenção buscar a salvação. Embora tenha pecado e deva perecer, foi Deus quem começou a pensar em salvá-lo. Portanto, no Velho e no novo Testamento se menciona repetidas vezes que a salvação pertence a Deus. O motivo disso moveu o coração de Deus o desejo de salvar-nos. O homem deseja a salvação, mas por si mesmo nunca quis buscá-la na fonte certa, sempre busca focando apenas uma satisfação pessoal e momentânea.

Por que a salvação pertence ao Senhor Deus? Por que Ele está interessado em nós? De um modo genérico, podemos dizer que é porque Deus é amor. Especificamente, é porque Deus nos ama. Se Deus não nos amasse, Ele não precisaria nos salvar. A salvação se cumpriu porque, por um lado, o homem pecou e, por outro, Deus amou e isso gerou um projeto de redenção na nossa direção.

A salvação é cumprida e o evangelho é pregado porque, por um lado, Deus amou e, por outro, o homem pecou. O pecado do homem nos mostra a necessidade do homem. O amor de Deus nos mostra a provisão de Deus. Se houver somente a necessidade sem a provisão, nada pode ser feito. Mas se existe a provisão sem a necessidade, aquela seria desperdiçada. A salvação é cumprida e o evangelho é pregado devido aos dois maiores fatos do universo.

O primeiro é que o homem pecou e se afastou de Deus e o segundo é que Deus ama e este amor o moveu na nossa direção. Estes dois fatos são imutáveis. São dois fatos enfatizados na Bíblia. Se você derrubar qualquer uma das extremidades, a salvação se perderá. Deus tem o amor como provisão para sua criação que pecou e perdeu o direito da comunhão com Ele. Por haver estes dois fatos, existe o evangelho e existe a salvação.

Nesta parábola dos trabalhadores da vinha que lemos hoje em Mateus 20:1 a 16, vemos a matemática da graça funcionando quando o senhor da vinha foi remunerar os trabalhadores, ele pagou o mesmo salário também para o que trabalhou apenas uma hora. Para nós a graça possui um conteúdo de injustiça, pois parece injusto que aquele que trabalhou menos ganhe igual ao que trabalhou muito.

O senhor da vinha é o Senhor Jesus. Ele contratou trabalhadores às oito horas da manhã, outros ao meio-dia, às três horas contratou outro grupo e às cinco horas, faltando apenas uma hora para encerrar o expediente, ele contratou um outro grupo. Todos eles foram contratados pelo mesmo valor diário. Mas, quando chegou a hora de acertar o salário, o que aconteceu? Aqueles que começaram a trabalhar às oito horas da manhã acharam que iriam ganhar mais. Mas não foi o que aconteceu. Todos receberam o mesmo salário. Tanto os que começaram às oito da manhã quanto os que começaram às cinco da tarde ganharam o mesmo salário, o que não agradou os que trabalharam o dia inteiro.

Se fossemos nós, também iríamos questionar. A matemática parece torta, injusta aos nossos olhos. É isso o que a graça parece aos olhos das pessoas: algo injusto. Nessa parábola o Senhor se refere ao crente que se converteu no começo de sua vida, é o trabalhador da primeira hora. Aquele outro irmão que se converteu depois de velho é o trabalhador da última hora. Então qual deles terá maior direito de ser salvo? Quem se converteu aos sessenta ou quem se converteu aos dezessete? Poderão ter ambos a mesma salvação? Sim, porque a lógica de Deus não é a nossa.

Se você foi alcançado pela graça salvadora de Cristo com vinte anos? Sirva-O de todo o coração a partir dos vinte anos, mas se você foi alcançado aos sessenta, não fique desanimado, sirva-o da mesma forma. O Senhor diz que o salário (salvação) de todos será o mesmo, ou seja o critério será o mesmo para todos. Jesus Cristo disse em marcos 16:16: Ide e pregai o evangelho a toda a criatura, quem crer e for batizado será salvo…, não importa se foi aos dezessete ou aos oitenta, se creu e se entregou a Cristo será salvo, não será condenado ao inferno.

Aqui neste texto de hoje não está falando de premiação, de galardão pelo trabalho realizado, mas de ser salvo, pois salvação também é um galardão, mas este é pela graça, recebemos sem merecer, o galardão que vem pelo trabalho que realizamos pra Deus, fala de uma recompensa pelo esforço em servir ao Senhor frutificando pra Ele, pois Deus olha o quanto fazemos e o quanto somos fiéis.

Em Romanos 2:6 diz:  O qual recompensará cada um segundo as suas obras. Em 1 Coríntios 15:58 diz: Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é em vão no Senhor. Isto é, haverá recompensa!

O grande benefício de quem se converte cedo, é que vai errar menos, terá menos consequências e se for fiel, comerá do melhor desta terra enquanto jovem, o que se converte tarde, correu o risco de morrer sem a salvação e de também construir uma vida diferente, mas enfim, jovem ou velho, o importante é encontrar a Cristo e ser salvo e no tempo de vida de cada um, fazer o melhor para Deus!

Prática: orar por todos para que experimentem da abundancia da graça de Deus, ore pelos visitantes e os convide para o culto! Faça um desafio aos discípulos para trazerem amigos na próxima semana!

No amor de Cristo!

Apóstolos Eliezer e Zenita

 

Leia