m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
17/04/2018
O toque movido pela fé

Marcos 5:25-34

Esta mulher enfrentou a morte para ter vida. Ela perdia sangue diariamente. Ela tinha uma ane­mia profunda e uma fraqueza constante. O sangue é símbolo da vida. Seu diagnóstico era sombrio. Ela parecia morrer pouco a pouco; a vida parecia esvair-se aos poucos do seu corpo.

Esta mulher hemorrágica enfrentou a segregação conjugal por causa de sua enfermidade, segundo a lei judaica, uma mu­lher com fluxo de sangue não podia se relacionar com ninguém. Se ela era solteira, não poderia se casar; se era casada, não poderia se relacionar com o marido. (Obs.: Segregação é o processo de dissociação, é o ato de pôr de lado, de separarisolar ou apartar).

Em segundo lugar, ela enfrentou a segregação social. Uma mulher com he­morragia não podia se relacionar com as pessoas; antes, devia viver confinada na caverna da solidão, no isolamento, sob a triste realidade do ostracismo social. Essa mulher era tratada quase como se estivesse com lepra. Por doze anos ela não pudera abra­çar nenhum familiar sem causar-lhe dano. Doze anos sem ir ao culto. Ela vivia na agonia da vergonha com a auto-estima destruída. Por isso, chegou anonimamente para tocar em Jesus, com medo de ser rejeitada, pois quem a tocasse segundo a lei judaica, ficaria impuro.

Em terceiro lugar, ela enfrentou a segregação religiosa. Uma mulher com fluxo de sangue não podia entrar no templo nem na sina­goga para adorar. Ela estava proibida de participar do culto público, segundo Lv 15.25-28, naquele período ela era considerada impura, portanto im­pedida de participar das festas e dos cultos. Com a vinda de Jesus a lei do antigo testamento se encerrou e nEle começou uma nova aliança, um resgate, uma redenção,  tudo mudou depois de Jesus. (Rom. 10:4)

Uma pessoa nessas condições não poderia misturar-se na multidão sob pena de ser apedrejada se fosse des­coberta. Mas ela não fez caso da própria vida. É como se ela dissesse: "Eu prefiro morrer a continuar vivendo assim.".

Alguém poderia ponderar: é melhor suportar uma hemorra­gia, mas continuar viva. Mas, na concepção dela, era preferível morrer a continuar vivendo aquela vida.

1. Ela não se conformou em ser infeliz

A atitude dela mostrou sua imensa indignação com aquela condição de vida. Muitos não recebem de Deus porque se acos­tumaram com a infelicidade, com o casamento ruim, o empre­go ruim e a saúde ruim.

Ela tinha hemorragia e gastou tudo com os médicos. Ela não era conformada, ela tentou, bateu em todas as portas, forçou todas as entradas. Ela tentou tudo, foi ao médico durante doze anos e os médicos tomaram tudo o que ela tinha. Ela não pou­pou dinheiro e nem esforços para se livrar daquele desconforto. Ela não se acostumou com sua condição miserável.

Depois de doze anos, a mulher hemorrágica bem que pode­ria já estar adaptada e conformada com a sua situação. Depois de gastar tudo com a medicina, seria de se supor que ela se confor­masse com a situação. Na verdade, o fato de gastar tudo mostra a sua disposição de não se conformar com a enfermidade.

Mui­tos pessoas têm se conformado com casamentos ruins por um, dois, três, dez, doze anos. Uma mulher com doze anos de hemorragia poderia se acostumar, arrumar um absorvente especial, se habituar, ir levando a vida. Mas aquela mulher não se acostu­mou, não aceitou, Não se acomodou.

Quantos têm se acostumado com uma vida ruim, uma vida angustiada, uma vida triste e sem espectativas? O tempo passa e as pessoas se adaptam, se acostumam com a infelicidade, se habi­tuam com a tristeza e o vazio interior. Mas Jesus Cristo veio para nos lbertar, Ele disse: Conhecereis a vierdade e ela te libertará, recuse acostumar-se com o que não é a vontade de Deus, recuse conformar-se com o que não é o propósito de Deus para você, para o qual você não foi criado. Jesus veio para nos dar vida, e vida em abundância. Não aceite menos que isso (João 10.10).

Esse era o seu segredo, dia após dia ela dizia: "Eu não vou me conformar com isso. Não vou morrer assim. Não nasci com isso e não irei morrer com isso. Não vou aceitar". Aprenda isso hoje: Tocamos nas vestes de Jesus quando Cremos nEle, quando praticamos os Seus princípios, quando falamos alinhados com a Palaavra de Deus, quando obecedemos os seus mandamentos, quando somos fieis em tudo para com o nosso Deus e Pai!

2. Ela tocou pela fé

Há o toque da emoção, o toque da curiosidade e o toque do conhecimento intelectual. Mas somente o toque da fé libera a virtude e o poder de Deus sobre nós. Jesus disse que a fé daquela mulher foi a chave de sua bênção.

A fé genuína possui cinco elementos praticados por esta mulher; A fé genuína desconsidera os obstáculos e as dificuldades, se dis­põe a pagar até o preço da própria vida, não se conforma e se dispõe ao arrependimento e à obediência.

Há um poder disponível para mudar a sua vida. Basta um sim­ples toque. Um toque de fé. A sua história pode ser completamente mudada por causa de um único toque. Outros estarão apenas er­guendo as mãos, mas pela fé você pode tocar nas vestes do Senhor.

É hora de meditar: Será que há alguma "hemorragia" em nossa vida? Será que em algum momento nos sentimos como esta mulher hemorrágica? Que obstáculos têm nos impedido de tocar no Senhor Jesus para serví-lo de coração?

Decida-se a tocar no Senhor Jesus. A Bíblia diz que pelo Sangue nós temos acesso ao Trono da Graça de Deus. Creia que hoje o poder e a virtude de Jesus Cristo transformarão a sua vida.

Prática: Toque um louvor de adoração e rendição ao Senhor, louvor do Encontro que ajude no quabrentamento e peça para todos orarem e receberem um renovo de Deus, no final ore por todos! Antes de encerrar, faça o apelo aos visitantes e leve-os a confessar a Jesus como Senhor e Salvador e convide-os para o culto!

Amamos vocês!

Apóstolos Eliezer e Zenita

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign