Unidade, a chave do Íxito

11/07/2018

João 17:11

O capítulo 17 da bíblia tem como título: A oração sacerdotal de Jesus. Neste momento JESUS já sabia que estava para voltar para o Pai e que sua equipe de 12 discípulos agora enfrentaria o desafio de caminhar e conquistar sem a presença física dEle. Jesus sabia que não estaria mais de forma física com a equipe que vinha preparando para que o Seu Plano de Salvação da humanidade se cumprisse e por saber que grande desafio seria para eles, decide orar pela equipe.

Ele poderia orar para que se mantivessem santos, ou motivados a trabalhar pelo evangelho, ou para que Deus derramasse mais poder e dons espirituais sobre eles, mas sua oração foi para que eles “FOSSEM UM”, como Ele era com o PAI. Jesus sabia que a verdadeira conquista só poderia vir pela UNIDADE

A unidade daquela equipe com Ele já vinha sendo consolidada. Seus 12 discípulos estavam conscientes e apaixonados pela missão que haviam recebido de Jesus e já o amavam muito para continuarem fiéis a Ele, mesmo na sua ausência.

A necessidade agora era que o Pai protegesse a unidade entre os 12 para que nenhum espírito de contenda, competição e desunião os separasse, pois Jesus também já havia ensinado que: “todo Reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda a cidade ou casa dividida, não subsistirá!(Mateus 12:25).

Vejam também o que o Salmo 133 diz que Deus ordena sua benção, sua unção, salvação e vida, onde há unidade. Jesus sabia que quando os 12 permanecessem em unidade, o poder de Seu Pai seria liberado e assim tudo o que eles fizessem seriam bem-sucedidos!

A UNIDADE fará com que qualquer equipe seja invencível como declara Genesis 11:6: “Eis que o povo é um, e todos tem a mesma linguagem. Isto é apenas o começo, agora não haverá restrição para tudo que intentarem fazer”.   

      Em Atos 4:32 a Bíblia diz: “Da multidão dos que creram era um o coração e alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía, tudo, porém, lhes era comum. Com grande poder, os Apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus e em todos eles havia abundante graça”.

Este texto acima revela a importância da unidade dos 12 no propósito da missão e entre si, pois eles eram as matrizes de reprodução, as formas que formariam. Homens e mulheres de unidade formariam uma multidão de um só coração e uma só alma, como vimos acontecer a partir da Igreja de Atos.

Aqui estamos falando da Equipe de Jesus, que tinha uma missão espiritual, mas tudo o que Ele fez e viveu nesta Terra, deve ser imitado e utilizado como modelo em todas as áreas da vida do ser humano.

Esta lição da UNIDADE deve ser aplicada na vida dos casais, dos irmãos, dos pais e filhos, das equipes de doze, nas células, na igreja e nas equipes de trabalho seculares, ou seja, em toda a espécie de relacionamentos e alianças. Embora a tarefa de gerar unidade seja dos líderes, ou dos mais dotados de autoridade, só quem pode realizar esta obra é o Espírito Santo, por isso a Bíblia diz: a unidade do Espírito Santo.

Minha parte é lutar sendo um começando comigo, depois nós a equipe dos doze precisamos lutar por esta unidade, depois as redes e nós como células na igreja iacc, quando lutamos e fazemos a nossa parte, o resto é com o Espírito Santo, Ele fará sempre a parte dEle!

Precisamos viver em UNIDADE em todos os nossos relacionamentos. Esta deve ser uma meta em nossas vidas, e devemos a todo tempo trabalhar por ela, porém sempre dependendo do Espírito Santo como nosso ajudador. A unidade vem primeiramente pela oração de um líder, de um pai, de uma mãe, de um irmão mais velho. Lembram-se, Jesus orou pela unidade dos 12.

Se hoje existem na sua vida projetos que não estão caminhando ou que estão à beira de serem destruídos, Deus está te entregando a chave para que você comece a trabalhar pela UNIDADE entre você e os envolvidos nele.

Se o projeto for seu casamento, comece a orar para que Deus estabeleça unidade entre você e seu cônjuge. Depois sentem-se juntos e alinhem seus passos em um só caminho e busquem entrar em unidade quanto a educação dos filhos, a administração dos recursos financeiros, ou qualquer tema que envolva sua família.        

Claro que é desafiador, até Jesus já sabia disso, por isso este foi o principal motivo de Sua oração. Você e sua esposa podem ter temperamentos muito diferentes, histórias de vida e experiências muito diferentes, mas sempre existirá um ponto de convergência, aonde um irá renunciar um pouquinho e o outro também por um propósito maior; principalmente se vocês são cristãos tementes a Deus, que observam os seus preceitos. Um exemplo de um proposito maior, o AMOR aos filhos!

Este AMOR que é reflexo do amor de Deus em nós, nos levará na direção de uma unidade crescente, assim poderemos lutar juntos e com poder para vencer, para que os filhos amados não vivam a experiência dolorosa e que em geral antecede uma vida perturbada, por terem seus pais separados.        

Hoje Deus quer que reflitamos um pouquinho sobre como estão nossos relacionamentos nesta vida! Vivemos UNIDOS com as pessoas com quem nos relacionamos ou só estamos REUNIDOS em locais comuns, (casa, igreja, trabalho). A UNIDADE diz respeito as coisas do Espírito! Precisamos buscá-la por caminhos e com armas espirituais.        

O Caminho perfeito e que sempre nos levará ao Pai e a tudo que Ele tem para nós, é JESUS e as armas espirituais só serão dadas a nós por meio DELE! Oramos para que todos nesta célula SEJAM sempre UM, começando entre Vocês, alinhados conosco e todos nós em JESUS, pois Ele, o pai, o Espírito Santo e nós somos um!

Fonte: Ap. Fábio Abbud com algumas mudanças e acrescimos para a realidade iacc12.com.br 

Prática: O compartilhar está liberado se o ambiente for propício, se não, orem pela unidade, pelas famílias representadas pelos presentes e orem também pelas famílias da igreja. Faça o apelo aos visitantes e orem por novas pessoas!

 

Amamos vocês!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita